dos 6 aos 10: Ben 10

320xben

dos 6 aos 10, BOOKSMILE

Estamos a escrever este post enquanto o Pequeno Leitor tenta assassinar o sofá à marretada com um bastão de beisebol de brincar. Está sério, empenhado no seu mundo de fantasia, onde seguramente o sofá do IKEA não é um objeto utilitário mas um ser de outra galáxia.

E a culpa é? Do Cartoon Network e do Ben 10.

Ora, é normal que em algum momento os mais pequenos escolham os seus heróis. Nós adultos também os temos, do atleta, ao escritor, ao autor… Elegemos sempre alguém que (na nossa cabeça, pelo menos) nos supera e ao mesmo tempo nos representa e nos eleva. As crianças não fogem à regra, e se nós os pais até somos os heróis que encaixam as atividades nas rotinas frenéticas do dia a dia, mais a leiturinha antes de dormir e aquela refeição preferida, no final do dia o Ronaldo é que é fixe. Pronto, tranquilo.

Adiante! 😉 Neste cenário, o que é que o Ben 10 tem de diferente? Perguntámos ao Pequeno Leitor que respondeu prontamente “álians”. Uau, “aliens, extraterrestres”? “Não, mãe, á-li-ans”, com aquele arzinho de ai que não percebes nada disto. E porque é que os álians são fixes? Porque o Ben que é 10, tem 10 anos, e por isso mexe no relógio e encarna (termo introduzido pela Mãe por necessidade de clareza) 10 álians. São 10 heróis num só, senhores e senhoras. Nada mau.

E assim entramos num mundo divertido e fantasioso de um rapaz um tanto imaturo mas que recebe em mãos a tarefa de resgatar o universo de variados vilões. Os extraterrestres que encarna encarnam eles também forças especiais que lhe vão granjear a vitória. Ben é um bocadinho vaidoso e mora no mundo dos meninos, mas vá que a Gwen oferece algum equilíbrio: é a mãe, claro, que lhe dá um “reality check” de vez em quando, em forma de chiste ou beliscão.

Os dois livros gentilmente cedidos pela Booksmile são diferentes: o primeiro conta um primeiro episódio da história; o segundo é um guia com as características do protagonista e seus avatares de batalha.

Giro, simples, ajudam a alimentar desde cedo uma ética do bem contra o mal. Ainda é um pouco a preto e branco e os bons vencem sempre, claro. Porque é cedo para outras coisas. Mas os pais agradecem, porque as noites vão correndo melhor. E a Mãe agradece o guia, sobretudo, porque a ajuda a não fazer má figura nas maratonas do trivial pursuit do Ben10 que o Pequeno Leitor gosta de acompanhar na televisão. A Mãe sempre pode ganhar algumas, ou não?

Mais, aqui e aqui.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s